História de Rio das Flores

Desde o início do século XVI, o curso do Rio Paraíba era usado por faiscadores, aventureiros e bandeirantes, como ponto de referência para se chegar às “Minas Gerais”. As margens do Rio Paraíba pertencentes ao território de Rio das Flores já eram conhecidas desde a metade do século XVI, quando expedições as percorriam.

Entretanto, a colonização e o desbravamento das terras que deram origem ao atual município, foram motivados pela expansão agrícola que se verificou na província do Rio de Janeiro, durante o século XIX.

A riqueza gerada pelo café na província, levou os demais fazendeiros a abandonarem suas antigas lavouras e partirem em busca de terras férteis, apropriadas ao novo cultivo. Chegaram, então, a esta região os colonizadores, que logo substituíram vastas extensões de terra que continham matas virgens, pelas lavouras de café.

O governo da província tomou conhecimento da fertilidade da emergente localidade e, visando o progresso e o crescimento demográfico do povoado, em 6 de outubro de 1851, através da lei n.560, conferiu-lhe a dignidade de erigir uma capela curada, sob a invocação de Santa Tereza, subordinada à freguezia de Nossa Senhora da Glória da Vila de Valença, depois município de Marquês de Valença.

Tamanha foi a afluência e o desenvolvimento da região, que apenas quatro anos mais tarde, o curato de Santa Tereza foi elevado à categoria de freguesia, através da lei n. 814, de 6 de outubro de 1855, ainda subordinada à jurisdição da então vila de Valença.

A economia de Santa Tereza baseava-se, nessa época, quase totalmente nas riquíssimas lavouras de café, embaladas pelos fortes braços dos negros escravizados.

Em 1882 é inaugurada a estação da Estrada de Ferro Rio das Flores, melhorando as condições para o comércio e escoamento da produção de café.

A abolição da escravatura em 1888 foi um golpe fatal para a agricultura da freguesia. Porém, foi lenta, mas gradativa, a sua agonia. Tanto que, dois anos após a promulgação da Lei Áurea, apesar de decadente ainda era subtancial a produção de café e a freguesia foi emancipada da tutela de Valença, passando a constituir uma unidade autônoma pelo decreto n.62, de 17 de março de 1890, localizando-se a sede da nova comuna fluminense na vila de Santa Tereza.

Continuou o êxodo das populações rurais e as remanescentes lavouras de café foram sendo gradativamente substituídas pelas atividades pastoris.

A Vila de Santa Tereza foi elevada à categoria de cidade em 27 de dezembro de 1929, através da lei estadual n. 2335. Em 31 de dezembro de 1943, através do decreto estadual n. 1056, passou a chamar-se Rio das Flores em razão de percorrer seu território o rio de mesmo nome, nome esse atribuído pela presença nativa de lírios-do-brejo em suas margens.

Caracterização do Município:

Área : 478 Km2 (IBGE/2000)
População: 7.625 habitantes (IBGE /2000)
População urbana: 5.364 habitantes.(IBGE/2000)
População rural: 2.261 habitantes.(IBGE/2000)
Acessos: A partir do Rio do Rio de Janeiro: Saindo da Linha Vermelha, seguir pela Rod. Presidente Dutra (BR116) até a entrada de Piraí. Continuar pela RJ-145 (Piraí - Manuel Duarte) até o centro da cidade de Valença. Desta, seguir até o distrito de Taboas, que fica no limite dos dois municípios. De Taboas chega-se a cidade de Rio das Flores pela mesma RJ 145. Um segundo acesso pode ser feito pelo Rod. BR 040, que também saindo da Linha Vermelha, seguindo pela Rodovia Washington Luis, até a entrada para Monte Serrat / Afonso Arinos (Km 0).Continuar pala RJ 151, até o centro da Cidade de Rio das Flores, passando antes pelas localidades de Monte Serrat, Afonso Arinos, Três Ilhas e Manuel Duarte. Rio das Flores fica eqüidistante cerca de 90 km de Petrópolis, Volta Redonda e Juiz de Fora.
Distância da Capital: 180 Km (DER-RJ / 2002)
Duração do percurso: 3 h
Distância de Juiz de Fora: 90 Km (DER- RJ)
Duração do percurso: 1h30
Distância de Volta Redonda: 93 Km (DER-RJ)
Duração do percurso: 1h30

Distritos:
1º Rio das Flores (sede)
2º Manuel Duarte
3º Taboas
4º Abarracamento

Municípios Limítrofes:
Leste: Paraíba do Sul
Oeste: Valença
Sul: Vassouras
Norte: Estado de Minas Gerais (Rio Preto e Belmiro Braga)

 
 
Notícias
Interativo
Agenda
Galeria de Fotos
Galeria de Videos
Cadastre-se
Links Úteis
Fale Conosco
 
Rua Carneiro de Mendonça, 29 A - Centro - Valença/RJ - Tel: 24 2453-4418
Desenvolvido por